Subscribe:

.


sexta-feira, 23 de junho de 2017

Strava, a rede social que move aventuras

Simon Klima, diretor de marketing da empresa, fala sobre como os esportistas aderiram a esse canal de comunicação

Adrian Ballinger e Cory Richards registraram no Strava sua tentativa de subir
o Everest sem oxigênio.  STRAVA
O Strava é a rede social mais bem-sucedida para atletas. Em funcionamento desde 2009, tem milhões de usuários em todo o mundo, especialmente corredores, ciclistas e triatletas, mas os fundadores afirmam que é para qualquer esportista que queira se esforçar. Na rede podem ser encontrados desde atletas de elite como Kilian Jornet a praticantes de fim de semana, todos conectados. Seu segredo está no fato de que sabe incentivar os usuários e estes se conectam tanto à atividade como à rede. O Strava se transformou não só em um mero site de contatos, mas em uma ferramenta que a muitos já é quase imprescindível ao se praticar esportes. Simon Klima, diretor de técnicas de mercado e comunicação, nos revela os pontos essenciais desse aplicativo.

Algumas Perguntas Interessante: 


Simon Klima STRAVA
Correr e andar de 
bicicleta é muito divertido,
 mas às vezes pode ser difícil. 
Por isso, sempre estamos 
dispostos a apoiarmos uns
 aos outros
Como surgiu a ideia do Strava?
Respota: Mark Gainey e Michael Horvath, cofundadores do Strava, faziam parte da equipe de remo de Harvard, onde se tornaram amigos e aproveitavam a competição amistosa que ajudava a melhorar a técnica. Depois de deixarem Harvard quiseram recriar o espírito de companheirismo e camaradagem da equipe de remo. Queriam tornar suas corridas e sessões de bicicleta mais potentes, e perceberam que a sensação de competição amistosa era o que mais os motivava. Perceberam que nenhum aplicativo utilizava a informação dos GPS para conseguir essa experiência. Queriam construir algo que pudessem compartilhar com os amigos para se conectarem e comparar corridas. Esse foi o ponto de partida. Sua própria necessidade criada durante seus anos de universidade na equipe de remo.

O Facebook também foi criado por um estudante de Harvard. É uma coincidência?
Respota: É uma mera coincidência. Mas é fascinante notar como os fundadores de redes sociais para atletas e do Facebook estudavam na mesma faculdade. Sem dúvida Harvard é um bom lugar para empreendedores.

Por que o Strava é somente para corredores e ciclistas? O Que acontece com os surfistas e os canoístas?
Respota: De maneira nenhuma! O Strava é para qualquer pessoa que se esforce, que lute, não importa que esporte pratique.

Como o Strava pode ajudar um principiante em um esporte? E um profissional?
Respota: O Strava é um excelente site para atletas não importa o nível. Você irá encontrar profissionais, guerreiros de fim de semana e esportistas eventuais. O que importa é a camaradagem, a comunidade e a motivação. Essas são coisas que repercutem e chegam a você não importa o seu nível.

O que é um Kudo?
Respota: Os esportistas do Strava não dão “like” nas atividades dos outros, mas sim kudos. Dar kudos significa honrar o esforço, elogiar e mostrar respeito. Correr e andar de bicicleta é muito divertido, mas às vezes pode ser difícil. Por isso, estamos sempre dispostos a apoiarmos uns aos outros. Pode parecer que kudo seja uma distinção sutil, mas para nós faz diferença.

Kilian Jornet lançou no Strava sua terceira vitória na Hardrock 100
O que posso aprender seguindo alguém no Strava?
Respota: Seguir pessoas no Strava permite que você construa uma rede motivadora e de ajuda. Irá te inspirar pelas atividades de seus contatos e descobrirá espaços fantásticos a explorar. Além disso, é possível aprender com suas rotinas de treinamento e selecionar alguns truques.

Se eu quiser manter em segredo meu treinamento e meu percurso, posso fazê-lo?
Respota: Sem dúvida, o Strava leva a privacidade muito a sério, e permite que os usuários mantenham suas atividades e até mesmo seu perfil ocultos. Mas isso é desperdiçar o grande potencial do Strava, o divertido é compartilhar.

Qual é o melhor wearable para se usar o Strava?
Respota: No Strava trabalhamos em conjunto com os fabricantes para nos assegurar de que seu hardware é compatível com o programa. Existe uma grande quantidade de equipamentos eletrônicos para se usar com o sistema operacional Android e IOS. Qualquer um da Android Wear 2.0 e Apple Watch Series 2, é fantástico.

Alguns corredores se queixam de que o Strava está acabando com o prazer de se correr sozinho.
Respota: Até mesmo para as pessoas que gostam de correr sozinhas, o Strava pode ser uma boa experiência. Claro, cada um é diferente e encontra uma forma particular de aproveitar o Strava.

Li em um artigo que existem pessoas que utilizam o Strava para encontrar “o amor”. A empresa tem dados sobre isso?
Respota: A verdade é que ocorreram algumas propostas amorosas no Strava. Alguns de nossos membros são muito criativos e românticos!

O Strava está mudando a maneira como os ciclistas pedalam? Eles se tornam mais competitivos?
Respota: Os ciclistas se beneficiam de muitas formas, o espírito e a motivação que se respira na rede os estimula a pedalar com mais frequência. Além disso, pessoalmente acho que os ciclistas se tornam mais aventureiros e se atrevem a descobrir novos lugares para andar.

Tem algum conselho para tirar mais proveito do aplicativo?
Respota: Siga a maior quantidade possível de pessoas. O Strava é mais divertido com amigos.

NÚMEROSDO STRAVA EM 2016 NA ESPANHA

Greg Van Avermaet, medalhista de ouro na prova de ciclismo
 de estrada na Olimpíada do Rio-2016,
15.000 ‘kudos’.  STRAVA
CORRIDA

  • O aplicativo registrou 4,5 milhões de atividades.
  • O dia mais ativo foi 20 de setembro, uma terça-feira.
  • Os homens percorreram em média 9,8 km por atividade, as mulheres, 7,6 km.
  • A cidade mais ativa foi Barcelona com 850.000 atividades, seguida por Madri e Valência.
  • Foram relatadas na Internet 29.636 maratonas.

CICLISMO

  • Foram registrados 9,2 milhões de atividades, nas quais foram percorridos 461 milhões de km.
  • O dia mais ativo foi 10 de outubro, uma segunda-feira.
  • Os homens percorreram uma média de 53 km, e as mulheres, 49 km.
  • A cidade mais ativa também foi Barcelona com 1,4 milhão de atividades, seguida por Madri e as ilhas Baleares.
  • O desafio April Distance Challenge foi o mais popular, com 16.740 ciclistas inscritos.

Sede do Strava. Armários e suportes para bicicletas.
AS 6 FUNÇÕES PARA TIRAR O MÁXIMO PROVEITO DO STRAVA

[1] Análise de variáveis: velocidade, ritmo, distância, rota para ver a progressão etc... Se você não sabe de onde vem, não sabe para onde vai; utilize-as para rentabilizar cada atividade.

[2] Desafios: Uma das coisas mais divertidas do Strava. Agora por exemplo está acontecendo o Mt. Everest Climbing Challenge, que desafia a escalar 8.489 metros durante o mês de maio. Acabo de aderir e sou o último dos 111.558 inscritos, mas vamos ver o que acontece até 31 de maio – espero estar lá pelo 111.556º. ou 111.555º lugar.

[3] Novas rotas e aventuras: É fantástico descobrir rotas e aventuras que estão ao seu lado e você não sabia que existiam. Algo que agrada em cheio são os segmentos, trechos populares onde os usuários tentam melhorar. Por exemplo, perto de casa tenho a ladeira da arena de touradas, de 300 metros e 13 metros de altura, com um desnível de 3,3%. Seu recorde é de 1min12s. Nem vou tentar batê-lo, mas procurarei outros trechos.

[4] Kudos: São as “curtidas” do Strava. Os amigos podem lhe dar tapinhas nas costas virtuais por suas atividades. Acho um dos recursos mais fraquinhos, pois não vejo incentivo em sair para correr para que depois venham me parabenizar na Internet, mas os criadores do Strava garantem que essa é uma das chaves para você se viciar no esporte. Então, se funciona… Greg Van Avermaet recebeu no ano passado mais de 15.000 kudos por compartilhar sua atividade quando ganhou uma medalha na Olimpíada do Rio-2016. Quem sabe esses 15.000 o estimulam a ganhar futuras edições dos Jogos Olímpicos?

[5] Clubes com interesses similares: É um dos meus recursos preferidos, sobretudo se, por questões de horário e localização, você não consegue sair na companhia dos seus amigos, então aqui você pode encontrar companhia para quase tudo (que seja legal, claro).

[6] Beacon: localização instantânea. É a função pela qual até cinco pessoas pode saber onde você está a qualquer momento durante suas atividades. No meu caso, que sou propenso a acidentes, é a que mais me atrai.


Nós do Ciclo Mania dispomos de um grupo para a turma interagir e marcar seus pedais semanais. 
Se você quiser fazer parte do mesmo, basta clicar AQUI e nos acompanhar.

É isso ai pessoal, vamos fazer amizades, ligar o STRAVA e praticar exercícios. Sua saúde agradece.


terça-feira, 20 de junho de 2017

Pedalar reduz chances de câncer

Foto: Jacek Chabraszewski / 123RF
Uma pesquisa publicada pelo British Medical Journal mostra que usar a bicicleta no cotidiano é, como se diz popularmente, um “santo remédio”. Por cinco anos, dados de 250 mil pessoas do Reino Unido foram acompanhados para fazer uma comparação entre saúde e forma de deslocamento ao trabalho. Os ciclistas deste estudo pedalavam, em média, 48 km por semana no trajeto casa - trabalho. Quanto maior o deslocamento, mais saúde apresentavam. Nesta amostra, os ciclistas apresentaram 41% menos risco de morte por qualquer causa, 45% menos incidência de câncer e 46% menos problemas cardíacos, em comparação às pessoas que utilizavam outros meios de locomoção.

domingo, 18 de junho de 2017

Pedal ciclo Mania: Aniversário de Diel

Depois de tantos domingos sem reunir a turma para fazer aquele pedal legal que era sagrado todas as manhãs dominicais, estamos de volta numa ocasião mais que especial. Comemoramos mais um ano de vida de nosso amigo Diel, que fez questão da presença de todos os amigos ciclistas.

Fizemos questão de registrar estes momentos de lazer e alegria no Ciclo Mania, pois não é todo dia que se faz 44 anos.

Estiveram presentes vários grupos de pedais, entre ele, a Turma do Café com Cristo, o Ciclo Mania, alguns participantes do Onde é o Pedal, dentre outros.

Muitos não puderam ir devido a compromissos, como a nossa feira que está sendo realizado aos domingos e com certeza ficaram com aquela 'invejinha' dos que participaram.

Com saída marcada para ás 6:00h da Igreja de São Cristóvão com destino a zona rural de Brejo da Madre de Deus, onde percorremos cerca de 30km sem estresse, sem pressa nem aperreio, pois hoje é só festa, alegria e descontração.

Tudo isso foi registrado nas imagens a seguir.

Galera pronta pra diversão

 
  
 

 


 

 

 

 


 

 

 

Alegria e descontração do velho Baia
Todos prontos?

Vamos pegar a estrada e seguir rumo ao destino que foi traçado na saída do pedal. Olho d'agua, subida do Umbú, Bar da Pedra, Machado, Bandeira e São Domingos. Acabando na casa do aniversariante.


 

 

 

 

Entrando em São Domingos para pegar a estrada

 


Pé na estrada que a brincadeira vai começar... pra minha sorte, até que estão tranquilos... ninguém disparou.. ninguém deu aquele tiro que atiça todos os outros a girar lá em cima.. só no relax com boas conversas.

 

 

 

 

 

E lá vem  Guel..

 

 

 

 

Aquela parada básica para esperar os retardatários... e ouvir mais uma piada..
Próxima meta é a subida do Umbú.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Até que não foi sofrido.. a conversa é tão boa que nem percebemos as subidas..

Chegando no Umbú
 

 

 

 


Parada na subida do Umbú
 

 

Segue a diante rumo ao Bar da Pedra.. feliz da vida pela mudança em nossa paisagem que ha dias atrás estava seca e hoje se encontra verdinha..

Muito bom pedalar entre o verde de nossa região que teimava em aparecer
 

 

 

 

 

A original para esfriar o calor

 

Maurin.. e ponto
 

 

 

 

Só alegria e amizade da boa
 

 

Amarrar o cadarço por segurança

 



 



 



 



 



 

Adicionar legenda

 

 

 

 

E haja Porteira

 

 

Chegamos! Última parada entes de comemorar o aniversário do nosso amigo Diel em sua residência.

 

 

 

 

 

Os parabéns de hoje especialmente vai para ele... Diel!

 

 

 

 

 

Esta é valiosa

 

Agora sim! Vamos de fato COMERmorar o aniversário de Diel que preparou um banquente para nossa alegria.

 

 

Apenas a entrada para deixar todos com água na boca

 

Tá bom de sal, Guel?
Agradecemos ao aniversariante pelo convite, consideração e recepção dada a todos os amigos que estiveram presentes neste evento realizado com tanto carinho.