Subscribe:

Parceiros

.


quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Dados do Strava podem estar sendo usados por ladrões para assalto


A polícia de Gales, Reino Unido, está movendo uma campanha de alerta para que ciclistas alterem suas configurações de privacidade em aplicativos esportivos que utilizam GPS, como o Strava. O motivo é que, segundo a polícia da cidade de Dyfed-Powys, ladrões estariam analisando dados pessoais dos cilistas para planejar roubos.

Segundo o detetive Ciaran Ryan, ladrões utilizam a rede social dos aplicativos de treinamento para determinar onde ficam as residência de ciclistas e suas rotas de treinamento. “Os ladrões analisam a rota de treino e, mediante o ponto de início e o de término, é possível saber onde o ciclista mora”, diz Ryan.

“Aplicativos de treinamento esportivo para smartphones que utilizam GPS são tão precisos que podem determinar a localização exata da residência do ciclista. Ao compartilhar essas informações, expõe-se ao risco. Além disso, analisar o perfil público do ciclista, informações e fotos da bicicleta aumentam o potencial de planejamento dos ladrões”, completa.

Segundo o policial, aplicativos como o Strava permitem alterar suas configurações de privacidade para ocultar o ponto exato de início e fim do treino. Outra medida sugerida é que os ciclistas nunca iniciem o aplicativo a partir de suas casas. “O ideal é que o ciclista inicie a gravação do treino várias ruas de distância de sua casa”, completa.

0 comentários:

Postar um comentário