Subscribe:

Parceiros

.


segunda-feira, 15 de junho de 2015

Ciclismo: veja como pedalar faz bem ao corpo e à alma

A prática do ciclismo voltou com tudo. Torna-se cada vez mais comum ver grupos de ciclistas andando pela cidade, organizando-se em passeios diários ou mesmo, e principalmente, aos fins de semana. Como em tempos de redes sociais é necessário registrar e expor que está fazendo, o crescimento do número de adeptos se deve muito a essa vitrine de saúde proporcionada pelos amantes do esporte. A impressão é que todo mundo pode fazer ciclismo.


E é verdade: há poucas contraindicações, apesar de ser um esporte que exige resistência e força. Mas há perigos sim, por exemplo, para aqueles que acreditam que basta comprar a bicicleta e sair por aí, pedalando. Cuidado! A prática irregular, sem autorização e sem acompanhamento de profissionais, pode trazer desde uma tendinite até infartos.

“O primeiro passo para quem pretender andar de bike é ir ao médico”, resume Adônis Santana, especialista em treinamento esportivo. “Só o médico pode fazer uma avaliação cuidadosa e criteriosa do estado de saúde de cada um, principalmente o clínico geral, o ortopedista e o cardiologista”. Dependendo do caso, um acompanhamento com fisioterapeuta e nutricionista se faz necessário.

​Após a liberação por parte do médico, o ciclista deve procurar acompanhamento de um profissional da área de treinamentos, assim como nas academias, onde temos os personais e os instrutores. “Não quer dizer que por ser uma prática fora de uma academia não precisa de acompanhamento”, explica Adônis.

Em Belém, há poucos locais que oferecem o serviço. “Quando o ciclista nos procura oferecemos a consultoria para que ele leve a bicicleta mais adequada ao que quer fazer, ao seu bolso e aos demais fatores determinantes”, explica Hugo Matos, proprietário da Center Bike. Os fatores seriam peso do equipamento, altura e condição física do ciclista.


“Não é raro encontrar pessoas que estão com a altura do guidão errada”, observa Adônis. Um detalhe de altura pode provocar, no lugar do bem estar, dores, desconfortos e cansaço excessivo. Além da bike, adequada, é necessário usar os equipamentos de segurança, como luva, capacete, óculos de sol, e roupas apropriadas.

Emagrecer e relaxar estão entre as maiores vantagens

São muitos os motivos pelos quais você deve praticar o ciclismo. “A prática da bike é procurada principalmente por aquelas pessoas que não tem tempo de ir à academia e que gostam de um contato com a natureza e o ar livre”, avalia Hugo Matos.

Entre as maiores vantagens está a perda de peso rápido e o trabalho muscular. O ciclismo permite um gasto energético considerado, de até 600 kcal/hora. “Mas é necessário uma frequência mínima de três vezes por semana, com cerca de 40 minutos cada dia”, explica Adônis. “O ciclismo também proporciona ganho de condicionamento físico, resultado visto logo nas primeiras semanas”.

Pernas, glúteo, abdome e os músculos da região lombar são os mais trabalhados durante o exercício.

DEZ MOTIVOS PARA ANDAR DE BIKE:

  • Combate estresse e depressão;
  • Melhora relações sexuais;
  • Emagrece;
  • Faz ser mais feliz e ter bom sono;
  • Reduz colesterol e triglicérides
  • Evita o infarto;
  • Diminui a pressão arterial;
  • Aumenta a imunidade;
  • Melhora a Respiração;
  • Garante boa forma e fôlego de atleta.

Fonte: mzportal.com.br/

0 comentários:

Postar um comentário