Subscribe:

.


sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Guia para pedalar na rua com sua bicicleta

Entenda quais são as bicicletas, acessórios e equipamento adequados para pedalar na rua


Com políticas de incentivo e ciclovias sendo construídas nas grandes cidades brasileiras, a bicicleta vem ganhando força como transporte urbano. Práticas, baratas e prazerosas, as bikes estão mostrando que podem ser boas alternativas para trafegar em cidades constantemente congestionadas.

Para os que desejam trocar carro e ônibus pela bicicleta, vamos dar dicas sobre os tipos de bike mais adequados e os equipamentos certos para pedalar na rua com segurança.

Bicicleta adequada

Existem diversos tipos de bicicleta para pedalar na rua. De bikes mais simples até modelos mais sofisticados e também bicicletas elétricas. Na hora de escolher a sua, pense sempre em praticidade e segurança.

Uma bicicleta como esta representa um bom modelo para quem quer se locomover pela cidade, porque contêm itens básicos para este ambiente. A presença de marchas para enfrentar subidas é um diferencial importante, principalmente em cidades com relevo acidentado.
Os para-lamas são uma boa opção em dias chuvosos, pois ajudam a manter suas roupas limpas e sem respingos. O protetor de corrente exerce papel parecido, impedindo que sua calça encoste na corrente ou coroa, ajudando a te manter limpo. Quem usa a bicicleta para ir ao trabalho sabe da importância destes acessórios.

Um modelo como este representa uma boa opção para aqueles que precisam usar a bike para trechos mais curtos, e carregar algum tipo de bagagem. Ideal para idas ao supermercado, bicicletas como essa contam com um bagageiro em cima da roda traseira e uma cesta na frente do guidão, permitindo o transporte de material com facilidade.

O design do quadro permite sentar na bicicleta sem precisar levantar muito a perna, e garante mais conforto na pedalada. Lembrando sempre que o objetivo de uma bike como esta é o conforto e a praticidade, não a velocidade.

Para quem não dispõe de muito espaço em casa, ou que precisa percorrer trechos de seu trajeto diário de ônibus, as bicicletas dobráveis são uma ótima opção. Combinando praticidade com eficiência, um modelo como este acima pode te levar para todo canto sem muito esforço.

Outra opção para o transporte urbano, as bicicletas elétricas como esta, vêm revolucionando a maneira de se transportar nas cidades, por serem práticas e muito eficientes. Com motores de lítio que permitem uma autonomia de até 50 km, e uma economia clara em relação a outros meios de transporte motorizados, as bicicletas elétricas se tornaram uma ótima opção para quem enfrenta percursos muito longos ou com relevo muito acidentado.

Acessórios

É indispensável, inclusive para quem só pedala durante o dia, possuir em sua bicicleta um conjunto de luzes como este da imagem. Esse kit deve incluir um farol dianteiro e um traseiro, que serão afixados no guidão e canote, respectivamente. Caso você pedale regularmente à noite, tenha certeza de possuir um bom kit, garantindo que você pode ver e ser visto com tranquilidade.

Existem diversas opções de kits de iluminação no mercado, com preços e qualidade bem diferentes. Ao escolher um para você, leve em conta durabilidade, resistência a água, iluminação e tipo e duração da bateria. Lâmpadas de LED costumam oferecer um poder de iluminação e durabilidade maior, mas normalmente custam um pouco a mais. Ter um buzina ou sino em sua bicicleta pode não ser a última moda, mas te ajudará a mostrar para os veículos e pedestres a sua volta que você está passando.

Equipamento

Para pedalar na rua com segurança, é necessário utilizar alguns equipamentos básicos. O principal deles é o capacete. O uso de um bom capacete pode salvar sua vida ao impedir lesões cerebrais, mas lembre: melhor um capacete de qualidade mais baixa que nenhum capacete.

Usar um capacete sem prendê-lo e ajustá-lo é quase o mesmo que não utilizá-lo. No momento da compra sempre teste o equipamento, garantindo que ele é do tamanho correto e que encaixa confortavelmente, além de não atrapalhar no uso de óculos ou equipamentos auditivos.

Apesar de não se ver muito nas ruas, utilizar um par de luvas pode ser muito vantajoso para o ciclista. Na maioria dos tombos de bicicleta as mãos são as primeiras a acertar o chão, o que acaba causando cortes e escoriações na palma da mão e atrapalhando não só a pedalar, mas também a executar atividades cotidianas.

Outro acessório recomendável para quem pedala a noite é um colete refletivo como este. Feito um material leve e de cor muito chamativa, um colete como este da imagem ao lado, facilita que carros, ônibus e motos te vejam, e ajuda a impedir acidentes envolvendo bikes e veículos motorizados.

Você vai precisar de um bom kit de cadeados para prender com segurança sua bike na rua. O furto de bicicleta é um crime muito comum, e é importante que você entenda como evitá-lo. Este link leva para um artigo que fala especificamente de maneiras para evitar o furto de bicicleta, e pode te ajudar a evitar que sua bike seja furtada.

Outras dicas úteis para pedalar na rua:

. Conheça sua bicicleta. Saiba como regular cada peça, e entenda o básico da mecânica de bikes e como resolver problemas comuns.
. Tenha com você um kit com ferramentas básicas para sua bike, além de uma bomba de encher pneus, caso seja necessário.
. Conheça seu trajeto diário e tenha em mente todas as oficinas perto de você. Em caso de problema mecânico você estará preparado.
. Leve com você um par de luvas (caso já não esteja utilizando) ou uma meia velha. Pode ser muito útil caso precise mexer na corrente ou em alguma outra parte suja da bicicleta.

Para quem pretende pedalar na rua, vale a pena fazer uma simulação de um seguro de bicicleta. Assim você tem a tranquilidade de estar coberto em caso de assalto, furto qualificado, danos na bike e outras situações.

Fonte: Dino

0 comentários:

Postar um comentário