Subscribe:

Parceiros

.


sexta-feira, 15 de junho de 2012

Volta ao mundo em tempo recorde

TUDO NORMAL: O ciclista britânico
 Mike Hall(FOTO: Rory Hitchens)
Viaje leve e vá longe – e rápido. Esse foi o lema do britânico Mike Hall para bater o novo recorde de volta ao mundo a bordo de uma bicicleta.

Quando ele saiu de Londres, em fevereiro, Mike na verdade estava competindo contra oito ciclistas na primeira edição da prova World Cycling Racing Grand Tour
. Mike pedalou pouco mais de 29 mil quilômetros – cerca de 321 quilômetros por dia –, e um dos segredo para tamanha eficiência foi o peso que levou.  Na bagagem, enquanto outros competidores carregaram quase 30 quilos, ele levou a metade disso.  

Nessa competição, c
ada ciclista pode cincundar o planeta pela rota que bem entender, contanto que pedale 18 mil milhas (cerca de 29 mil quilômetros). Hall seguiu no sentido oeste-leste. Cruzou a Europa, entrou na Turquia, tomou um avião para a Índia e continuou pela divisa com Bangladesh. Então decolou para a Oceania: pedalou a Austrália inteira, a Nova Zelândia e voou para o Canadá. Partindo de Vancouver (Canadá), cruzou a América do Norte  e chegou ao estado do Maine (EUA), já na borda do Atlântico.

Sua pedalada final foi entre Portugal e Londres, onde chegou no dia 4 de junho. A jornada durou 91 dias e 18 horas, e com isso Mike bateu em 15 dias o recorde anterior que pertencia ao britânico Alan Bate.

Na Austrália, Mike ainda se sentiu indisposto, mas nem assim parou para retomar as forças. Em entrevista ao site Bike Radar
, ele disse que um descanso naquele momento poderia fazê-lo desistir da empreitada. “Pelo menos enquanto eu me movimentei, estive otimista com o progresso.”


Mike conclui a prova bem no dia de seu aniversário e comemorou em dobro com amigos e familiares. No vídeo a seguir, ele fala (em inglês) sobre as experiências que viveu e sobre os encontros inesperados com ursos e cangurus.

0 comentários:

Postar um comentário