Subscribe:

Parceiros

.


sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Brasil Ride tem maior premiação em dinheiro do ciclismo nacional

Sexta edição da principal ultramaratona de MTB das Américas terá ainda, de forma inédita, premiação igual para homens e mulheres das elites e registrados na UCI

Foto: Fabio Piva / Brasil Ride
Principal ultramaratona de MTB das Américas, a Brasil Ride, realizada de 17 a 25 de outubro em Mucugê e Rio de Contas, na Chapada Diamantina, Bahia, segue cumprindo o seu objetivo de fomentar o esporte no País. Além de trazer para solo brasileiro os melhores mountain bikers do mundo, o que dá a oportunidade aos ciclistas nacionais de elevarem seu nível técnico, a prova tem ainda outro incentivo aos inscritos: uma premiação recorde em dinheiro no ciclismo do Brasil, com mais de R$ 68.000,00 divididos entre classificação geral e por etapas.

Um das novidades deste ano é que, pela primeira vez, homens e mulheres nas elites e registrados na UCI (União Ciclística Internacional) receberão a mesma quantia em premiações por etapas e nos resultados gerais, previstas pelo regulamento (16.4). "É a maior premiação em dinheiro em um evento de ciclismo no Brasil, divididos entre premiação geral e por etapas, entre atletas UCI e amadores. Vale ainda lembrar que nas sete etapas ocorrem premiações com mais de cem produtos oferecidos pelos patrocinadores, não calculados nesses 68 mil reais", destaca Mario Roma, fundador da Brasil Ride.

"Estamos no segundo ano de UCI e já somos classe S1 no ranking mundial, o que nos dá um verdadeiro selo de qualidade e eficiência do trabalho que estamos fazendo em relação ao mountain bike nacional. Não só temos uma competição considerada lá fora, como um dos melhores eventos do mundo e no circuito mundial temos uma pontuação de forte impacto", avalia Mario Roma, que destaca o fato de, além da premiação, os atletas das elites também somarem 120 pontos nos rankings mundial e olímpico de Cross Country (XC), o que é fundamental nesta final de corrida para definir que disputará a Olimpíada do Rio.

Disputada sempre em duplas, a Brasil Ride terá sete categorias: Open, Feminino, Mista, Máster (nenhum atleta com menos de 40 anos), Grand Master (nenhum atleta com menos de 50 anos), Nelore (acima de 90 kg) e Corporativa (categoria com três integrantes). Contará ainda com as Jersey (camisas) especiais para melhor equipe de homens e mulheres do continente Americano.

Etapas da Brasil Ride 2015

1ª Etapa: 18 de outubro - 13h
  • 20 km de prólogo com largada e chegada em Mucugê 
  • Detalhe: formato de contrarrelógio
2ª Etapa: 19 de outubro - 6h
  • 147 km entre Mucugê e Rio de Contas 
  • Detalhe: 3.355m acumulados de ascensão
3ª Etapa: 20 de outubro - 10h
  • 34,5 km em Rio de Contas
  • Detalhe: Circuito de cross country com 5 voltas de 6,9 km
4ª Etapa: 21 de outubro - 8h
  • 84,7 km em Rio de Contas
  • Detalhe: 2.156m acumulados de ascensão
5ª Etapa: 22 de outubro - 7h
  • 94,7 km em Rio de Contas
  • Detalhe: 1.881m acumulados de ascensão
6ª Etapa: 23 de outubro - 6h
  • 143,4 km entre Rio de Contas e Mucugê
  • Detalhe: 2.854m acumulados de ascensão
7ª Etapa: 24 de outubro - 9h
  • 72,1 km em Mucugê
  • Detalhe: prova final definindo-se os campeões
O Brasil Ride 2015 é uma realização da SUDESB, Bahiatursa, Governo da Bahia e Ministério do Esporte
  • Patrocínio: Shimano, Trek e Caixa
  • Co-Patrocínio: Thule, Pearl Izumi e Oakley.
  • Apoios: Continental Pneus, Red Bull, GU, Muc-Off, Prefeitura de Rio de Contas
  • Supervisão: UCI (União Ciclística Internacional), CBC (Confederação Brasileira de Ciclismo) e FBC (Federação Baiana de Ciclismo)
  • Organização: REC, Roma Comunicação e Prefeitura de Mucugê.


Mais informações:


Fonte: Brasil Ride

0 comentários:

Postar um comentário