Subscribe:

Parceiros

.


segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Recicleta: Projeto transforma garrafas pets em bicicletas para estudantes em Tupã

'Recicleta' é uma iniciativa da Secretaria Municipal do Meio Ambiente. Empresa faz os quadros das bicicletas com material levado pelos alunos.

Bicicletas são feitas com recolhimento de garrafas pets
Foto: Reprodução/TV TEM
 Um projeto pioneiro no país transforma garrafas pets recolhidas pelos alunos das escolas públicas de Tupã (SP) em bicicletas. Até agora, 21 foram sorteadas e entregues para os alunos das escolas públicas pelo projeto "Recicleta". A ideia mobilizou centenas de crianças, que saíram às ruas atrás dos recicláveis. Em apenas uma escola, elas juntaram 16 mil garrafas. O trabalho está ligado diretamente à educação ambiental.

A iniciativa da Secretaria de Meio Ambiente surgiu da necessidade de dar destinação correta para as garrafas plásticas jogadas nas ruas e descartadas com o lixo doméstico.

Por causa do sucesso da campanha, o projeto deve se estender em outros anos. “Vamos tentar incluir outros materiais para que a premiação não seja só a bicicleta, mas também alguma viagem ou algum item ecológico para as crianças”, informou o secretário, Renan Pontelli.

O material recolhido pelos estudantes é armazenado em uma sala da Secretaria de Meio Ambiente. Em seguida, as garrafas vão para reciclagem e depois encaminhadas para uma empresa em São Paulo, que derrete o material e transforma em quadro de bicicleta. A montagem do restante da bicicleta é feita por patrocinadores do projeto. Depois de pronta, ela é entregue nas escolas e sorteadas entre os alunos.

A professora Rosemeire Dias está impressionada com a colaboração dos alunos. Para ela, esse trabalho faz a diferença na educação ambiental das crianças. “Alguns alunos recolhem pelo caminho, às vezes com os vizinhos. E na escola fizemos uma campanha bem legal distribuindo cupons para eles participarem dos sorteios. Eles arrecadaram muita garrafa”, disse.

Cada estudante já criou o hábito de entregar pelo menos uma garrafa pet para a professora antes da aula. A atitude se estende a maioria das escolas públicas de Tupã. Ketlyn Adrielle, de 8 anos, fez campanha em casa e também levou garrafas para a escola. “Pego na rua, peço para minha mãe e para pessoas que bebem refrigerante e água”, contou.

Além, claro, de participar da campanha para concorrer a uma bicicleta, o assunto meio ambiente é tema importante durante as aulas. “É importante recolher as garrafas para não poluir o nosso planeta e para a gente respirar melhor”, avisou Ana Carolina Tavares, de 8 anos.


Fonte: TV TEM / G1

0 comentários:

Postar um comentário