Subscribe:

Parceiros

.


segunda-feira, 19 de março de 2012

Ciclista atropelado pelo filho de Eike Batista: Mais um caso de impunidade se desenhando

Bom, como todos vocês devem ter visto, o filho do bilionário Eike Batista, Thor Batista, atropelou um ciclista com um super esportivo e uma série de fatos estranhos começaram a acontecer.

O acidente

De acordo com a versão que está circulando pela imprensa, o ciclista, Wanderson Pereira dos Santos, de 30 anos, foi atropelado enquanto atravessava inadivertidamente a rodovia, por Thor Batista na Rodovia Washington Luís (BR-040), na altura de Xerém, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, na noite de sábado (17) .

O teste de bafômetro foi feito e não foi apontado o uso de álcool. De acordo com o Grupo EBX, empresa de Eike Batista. Thor estava na velocidade permitida e a culpa foi toda do ciclista.

1ª Coisa estranha – A perícia do carro

NÃO ACONTECEU… O advogado que representa o grupo de Eike, retirou o carro que estava no pátio da Polícia Rodoviária Federal e “prometeu ” que não iria mexer na estrutura do carro…



COMO ASSIM? PROMETEU???? Era pra ser cômico, se não fosse trágico. Como que se retira a prova do crime de uma investigação dessa forma? É absolutamente inacreditável.

2ª Coisa estranha – As declarações de Eike Batista



Eike Batista, acusa o ciclista de sua própria morte e diz que por sua imprudência, ele poderia ter matado três pessoas, ao invés de só uma. De acordo com o Terra, Eike declarou o seguinte em seu twitter: “Foi o que ele fez, a Imprudencia do ciclista podia ter causado 3Mortes”.

3ª Coisa estranha – O estado do carro

Uma Mercedez SLR – Mc Laren, uma verdadeira máquina do asfalto. Que faz de 0 a 100 em 3,2 segundos e chega a velocidades de 332km/h, ficou bastante destruída com o impacto.



Uma questão que deve ser levada em conta é o seguinte: Um carro como esses possui um excelente sistema de frenagem, ou seja, se Thor estivesse mesmo na velocidade correta e tivesse avistado o ciclista e freado, provavelmente o impacto não seria tão forte…. Massss como o carro não está mais na polícia, como vamos saber disso…

4ª Coisa estranha – O estado do corpo



De acordo com o Jornal O Globo, o ciclista teve a perna, o braço e a perna arrancados e o peito aberto. Mais uma vez… Existiam marcas de freada, ou seja o carro diminuiu a velocidade e mesmo assim quase cortou o ciclista no meio e o arremessou a 150 metros de distância.

5ª Coisa Estranha – O ciclista estava ou não atravessando?

De acordo com a família do ciclista, ele fazia esse trajeto todos os dias, há anos. Sempre trafegando pelo acostamento e sem nunca ter tido problemas. Testemunhas dizem que existem marcas de sangue no acostamento e testemunhas disseram que sempre viam Wanderson Pereira dos Santos sempre andando pelo acostamento.

6ª Coisa estranha – O bilionário achou ruim pagar 8.000 reais

Por conta da violência do impacto, o corpo do ciclista teve de ser reconstruído para ser velado e enterrado. O representante o grupo do bilionário que possui a 7ª maior fortuna do mundo, reclama de pagar 8.000 reais para reconstruir o corpo do ciclista. Disse que achou caro. Que coisa, não??????

7ª Coisa Estranha – A habilitação com 40 pontos

De acordo com o Jornal Band. Thor Batista tinha 40 pontos em sua CNH… Ou seja, já deveria estar com a sua habilitação suspensa, uma vez que de acordo com a RESOLUÇÃO N.º 182 DE 09 DE SETEMBRO DE 2005/ Art 3º / 1º Parágrafo, resolve que:
Art. 3º. A penalidade de suspensão do direito de dirigir será imposta nos seguintes casos:
I – sempre que o infrator atingir a contagem de vinte pontos, no período de 12 (doze) meses;

Resumindo

O caso ainda está bastante nebuloso e várias informações ainda estão bastante confusas. Thor Batista foi intimado a depor na Quinta-feira e comparecerá a delegacia.

A questão é: “quem não deve não teme” então porque retirar o carro? Porque não comparecer a delegacia no dia do acidente? E finalmente, porque ele estava dirigindo, sendo que a habilitação deveria estar suspensa???????

O que provavelmente deve acontecer, é mais um belo caso de impunidade. Imagina se no Brasil, país que ninguém vai preso por atropelar uma pessoa. Pode estar filmado, fotografado, com várias testemunhas e nada acontece. Agora imagina se o filho de um bilionário vai sofrer alguma conseqüência… CLARO QUE NÃO!!!!!

Fonte: PraQuemPedala

0 comentários:

Postar um comentário