Subscribe:

Parceiros

.


quinta-feira, 22 de março de 2012

O câmbio eletrônico para mountain bike feito nos Estados Unidos

Invento já foi testado e está pronto para ser comercializado


 
Não. Não se trata do novo (e sonhado) lançamento da Shimano. Mas é de verdade e funciona. Trata-se de um sistema de câmbio eletrônico para mountain bikes (2×10) criado a partir de um câmbio Shimano Dura-Ace de uma bike de contrarrelógio. No caso, a bike é da ciclista profissional norte-americana Kristin Armstrong, que parou de correr anos atrás. O marido, Joe Savola, um tipo “Professor Pardal” e sócio de uma empresa que se chama AceCo Sport Group que fabrica o dispositvo anti-Chainsuck da K-Edge, fez a adaptação com sucesso para um mountain bike hard tail de carbono Niner Air 9.
Nascia assim o Ki2, o câmbio eletrônico para mountain bikes.

Com a ajuda de um engenheiro mecânico e de um engenheiro mecânico, Savola fez todas as adaptações necessárias para que o sistema funcionasse na mountain bike, usando como base o sistema original do Dura-Ace Di2, peças do XTR e outras que foram feitas sob medida para o Ki2. O cage das roldanas, por exemplo, precisou ser retrabalhado para poder receber um cassete de até 36 dentes.
Os trocadores, com dois botões em cada lado, ficam localizados no guidão – parecidos com o MathMaker da SRAM – e foram desenvolvidos por Savola e seu fantastic team.
Vários protótipos já foram construídos e a empresa já se prepara para começar a comercializar kits do produto. O preço ainda não foi definido.

0 comentários:

Postar um comentário